Sweet Sazouki Spell

Lyrics - Paroles - Letras

Sweet Sazouki SpellJoel Timoner

 

Come, feel the charm

It's a sweet sazouki spell floating round and round

It's the perception door bell

Seeds of light, pearls of sounds

It's a sweet sazouki spell

The wind has dropped

The moon is at the bottom of the well

And the stars are in the sweet sazouki spell, strange cloud

It's a sweet sazouki spell floating round and round

 

Close your eyes, open your mind

We're just about to feel this magic communion spreading out

The flame lit long ago goes from candle to candle

This magic untangles

The magic spirit greets you as you come

 

It greets and flies far away

But the ancient drums sound flies farther through time

Dance sparks shine like a prayer

Here and there, love vibrates from heart to heart

 

Close your eyes, open your mind

We're just about to feel this magic communion spreading out

The flame lit long ago goes from candle to candle

This magic untangles

The magic spirit greets you as you come

 

Come, feel the charm

It's a sweet sazouki spell floating round and round

It was a ‘hello’, now it’s a ‘farewell’

Seeds of light, pearls of sounds

It’ a sweet sazouki spell

---------------------------------------------------------------------------

Isso e Aquilo - Joel Timoner

Você que é tão confuso

Em quem as coisas se complicam toda vez

E você que vê o mundo simples

Assim pode quase tudo entender

Diz a verdade ou então mente

E de repente quem sabe você vê que

Não é aquilo ou isso não

Que é isso e aquilo

Você que quer viver

Sempre junto a pessoas familiares

E você que é mais sozinho

E vai contente navegando nos seus mares

A solidão na multidão se sente

E de repente quem sabe você vê que

Não é aquilo ou isso não

Que é isso e aquilo

Você que é satisfeito

Das conquistas do progresso social

E você que está feliz

Com a volta de uma pena medieval

Vamos pra trás ou lá pra frente

E de repente quem sabe você vê que

Não é aquilo ou isso não

Que é isso e aquilo

Você que compra tanto

E não consegue perceber o essencial

E você na sobriedade vê que

De vez em quando na sua vida falta sal

Quer se encontrar? Tá frio ou quente?

E de repente quem sabe você vê que

Não é aquilo ou isso não

Que é isso e aquilo

Você que quer ter filhos

E não liga pro desleixo na sua casa

E você que se inquieta

O troco da natureza não atrasa

Cuida da vida ou deixa doente

E de repente quem sabe você vê que

Não é aquilo ou isso não

Que é isso e aquilo

Você quando conversa

Ouve o que é dito ou o próprio pensamento?

Você quando passeia

Vai pelo mapa ou ao sabor do vento?

O tesão vem daquele corpo ou da sua mente?

E de repente quem sabe você vê que

Não é aquilo ou isso não

Que é isso e aquilo

---------------------------------------------------------------------------

Rêvons – Joel Timoner


Rêvons ! Rêvons ! Rêvons !

Baisser les voiles, tenir sous la tempête

Moins de choses, plus de temps
Ne voyant loin, ni près, juste dedans

Ces voix que l'on entend

Que faire avec les anciens paramètres ?
La mer s'agite et cache le port
Le silence entre par la fenêtre
Où un soleil dort

 

Restons à l'abri
Rêvons des choses que nous pourrons faire
Façonner un monde moins gris
Un peu plus solidaire

Rêvons ! Rêvons ! Rêvons !

 

Il y a en nous des danses de cellules dont

Quarante-trois pour cent sont notre corps

Il faut des siècles pour créer un centimètre

D'épaisseur de sol

 

Des gens voudront-il toujours croire que tout est simple

Et qu'un complot suffit pour toute explication ?

Est-ce qu'un rêve suffira pour te convaincre

De notre destination ?

 

Restons à l'abri...

Comment et où la nourriture sera produite ?

Et pour la santé de tous y aura-t-il assez d'argent ?

Un revenu de base viendra vite ?

Et un toit pour tout les gens ?

 

Quel monde nous voudrons à la sortie ?

Routes chargées ou petits chemins ?

Comment voudrons-nous que les vieux vivent leur vie ?

Comment ces vies prendront fin ?

 

Restons à l'abri...

 

Du nord au sud, nous avons baissé les voiles

C'est clair, nous sommes dans un même bateau

Même destin, suivant les mêmes étoiles

Dans un nouveau berceau

 

Rêvons ! Rêvons ! Rêvons !

Est-ce qu'un rêve suffira pour te convaincre de notre destination ?

Rêvons ! Rêvons ! Rêvons !

---------------------------------------------------------------------------

Vim lhe dizer que eu vou embora – Joel Timoner

Vim lhe dizer que eu vou embora

Mas o que me falta agora

É a coragem de imaginar

Os seus olhos tão vermelhos

Vendo as lágrimas no espelho

Quando a porta se fechar

Vim lhe dizer que eu vou embora

Mas já ví que não é hora

De viver isso outra vez

Ver um coração apunhalado

Mesmo se ele é culpado

De tudo que ele me fez

Vim lhe dizer que eu vou embora

Mas acabei dentro e não fora

Do seu corpo enlouquecido

Ir embora pensei que queria

Agora fico na alegria

De embora não ter ido

Eu fico na alegria, eu fico na alegria

Eu fico na alegria de embora não ter ido

---------------------------------------------------------------------------

Stars – Joel Timoner

The regions where we love each other

The inner sea

All around star rays dance in the dark

The hidden windows we discover

The open sky

Futile spaceships, useless oligarchs

Wild feelings

Autumn leaves on a river flow

Old habits of imagination

Hazy maze

The moon has appeared

A lovely cat will kill a friendly robin

All around star rays dance in the dark, dance in the dark

We've crossed the oceans with the stars

Committed crimes

In the vessels, strongholds, in the mines

The gifts we've spoiled over time

And now we draw

Maps of shorter future coastlines

Thoughts are burning

From the fire lit a few million years ago

Clouds are shining

We forgot we were born in stars

What to buy with coins that lie at the

Bottom of a dried well?

All around star rays dance in the dark, dance in the dark

---------------------------------------------------------------------------

Musigueiro - Joel Timoner, David Calderoni

Tu tá no meu tutano, dançando!

Tu tá no meu tutano, sonhando!

Tu tá no meu tutano, voando!

Tu tá no meu tutano, amando!

Tu tá no meu tutano, tocando!

Tu tá no meu tutano, cantando!

Tu tá no meu tutano, falando!

Tu tá no meu tutano, plantando!

Tu tá no meu tutano, meditando!

Tu tá no meu tutano, levitando!

Tudo permanecerá (1)

Do jeito que tem sido (1)

Tempo e espaço navegando (1)

Aqui onde indefinido (3)

Decidido pela estrada (2)

Que ao findar vai dar em nada (2)

Amor é tudo que move (3)

Esse tempo nunca passa (4)

Não é de ontem nem de hoje (4)

Mora no som da cabaça (4)

Colagem de letras de Gilberto Gil

(1) Tempo Rei

(2) Se eu quiser falar com Deus

(3) Aqui e Agora

(4) Parabolicamará

---------------------------------------------------------------------------